Logotipo Tuti Imoveis
(16) 996013719 whatsApp Tim
(16) 39162861 fixo
(16) 997614134 vivo
(16) 39162861 fixo
vendas@tutiimoveis.com.br

Operação:

Categoria(s) Clique para Escolher:

Faixa de Valores R$:

Cidade:

Bairro(s) Clique para Escolher:

Quartos:

Garagem:


Governo injeta recursos do FGTS para investimentos em habitação


Governo injeta recursos do FGTS para investimentos em habitação


Em linha com a determinação da presidente Dilma Rousseff de ampliar o crédito para estimular a economia, o conselho do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu ontem aumentar em R$ 21,7 bilhões o orçamento de investimentos para este ano. A medida, que tem validade imediata, injeta recursos para investimentos em habitação. O valor do incremento é muito próximo aos R$ 20 bilhões pagos pelo Tesouro Nacional ao FGTS em dezembro para quitar as chamadas “pedaladas fiscais”.


Com a medida, aprovada por unanimidade pelo conselho curador do FGTS – composto por representantes do setor público, trabalhadores e empregadores –, o governo espera que esses recursos atinjam cerca de 140 mil famílias. O orçamento total do fundo em 2016 passa de R$ 83,6 bilhões para R$ 104,7 bilhões. Do montante adicionado, R$ 11,7 bilhões serão destinados a investimentos tradicionais de habitação, principalmente ao Pró-cotista (R$ 8,2 bilhões). A modalidade, voltada para pessoas com conta no FGTS, tem taxa de juros de 8,66% ao ano, mais TR.


Os outros R$ 10 bilhões serão referentes à emissão de certificados de recebíveis imobiliários (CRIs). Nessa modalidade, os bancos emitem títulos que serão captados pelo fundo, injetando nas instituições recursos que serão direcionados ao setor imobiliário. O FGTS contrata esses papéis a uma taxa de 7,5% ao ano, mas os juros que chegam ao consumidor são definidos pelas instituições financeiras. Nos dois casos, os financiamentos têm limite de até R$ 750 mil reais por imóvel, com diferentes subfaixas que contemplam habitações de valor popular (até R$ 225 mil) e intermediário (até R$ 500 mil).


“É uma contribuição importante na oferta de habitação, na geração de trabalho e emprego e na dinamização da economia”, afirmou o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto. Segundo ele, a ampliação do orçamento preserva a solidez do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.


Pedaladas De acordo com o secretário-executivo do conselho curador do FGTS, Quênio Cerqueira, o pagamento integral das pedaladas feito em dezembro contribuiu para a liquidez do fundo, mas não pode ser creditado como o motivador da decisão de ontem. Ele argumentou que o valor já estava nas contas do conselho, mas com a expectativa de que seria quitado de forma parcelada, e não imediatamente, como foi feito.


Segundo o secretário, a decisão foi tomada porque se percebeu que as condições de caixa do fundo melhoraram desde que foi proposto o Orçamento, em outubro do ano passado. Também foi feita a avaliação de que era preciso irrigar o mercado de crédito, que vem apresentando recuo, com mais saques que depósitos na poupança. “Conjugou o momento favorável com essa demanda do sistema financeiro”, explicou.



Fonte | Data: 29/02/2016
Confira outras notícias

Sobre Nós

Tuti Imoveis

Tuti Junqueira - corretor de imóveis - CRECI: 115140-f/SP

Ondibecte Silveira, 398

Ribeirão Preto - SP

Entre em Contato

(16) 996013719 whatsApp Tim

(16) 39162861 fixo

(16) 997614134 vivo

(16) 39162861 fixo

Redes Sociais

facebook google plus

 

Imobiliária Plus Sites Imobiliários
As informações contidas neste site poderão ser modificadas sem aviso prévio. Em caso de dúvidas utilize nossas formas de atendimento para entrar em contato conosco.